f1-vettel-bahrein-2017
F1 0

F1: Vettel leva no Bahrein e estratégia de ordem de equipe falha na Mercedes

O GP do Bahrein trouxe mais uma vitória de Sebastian Vettel, que acertou a sua estratégia e foi consistente durante toda a prova para estabelecer ainda mais a disputa pelo campeonato. Já para a Mercedes, um domingo não muito bom e para seus dois pilotos. Valtteri Bottas partiu da pole e a sustentou até ser superado por Vettel durante a parada nos boxes. Além disso, a equipe pediu por duas vezes para que ele cedesse a posição ao seu companheiro de equipe, que estava “mais rápido”.

Porém, Lewis Hamilton não conseguiu chegar na disputa pela ponta, apesar da ajuda da Mercedes, e por uma falha sua: o inglês estava muito lento na entrada dos pits – esperando Bottas ser atendido pela equipe – que acabou bloqueando Daniel Ricciardo. Considerado culpado, o piloto teve de ficar 5s parado nos boxes durante a sua segunda troca de pneus. De qualquer maneira, descontado esse tempo, o alemão venceria com uma vantagem de pouco mais de 1s para o concorrente.

A prova também registrou boas batalhas entre Daniil Kvyat, Jolyon Palmer e Fernando Alonso – que abandonou mais uma vez. Foi um grande final de semana de Sérgio Pérez, que ganhou 11 posições e, após sair no fim do grid, conseguiu pontuar e terminar à frente de seu companheiro de equipe, Esteban Ocon, também nos pontos.

Lance Stroll se envolveu em mais um acidente, desta vez com Carlos Sainz. O piloto da Williams não foi o culpado, visto que o espanhol saia dos boxes e não diminuiu o ritmo. Os dois abandonaram e o piloto da Toro Rosso ainda perderá três posições no grid da próxima prova, na Rússia. Felipe Massa, que largou em oitavo, terminou a prova em sexto, o que considerou um bom resultado devido as limitações de seu carro.

Leia o relato do GP do Bahrein:

Antes da largada já aconteceu o primeiro abandono da corrida com Vandoorne e os eternos problemas de motor da McLaren. Bottas se manteve no primeiro lugar e Vettel fez a ultrapassagem para cima de Hamilton. Verstappen era quarto ao passar Ricciardo e Raikkonen caiu para sétimo.

Mais atrás, Sainz pulou para 11o e teve uma disputa mais ferrenha com seu próprio companheiro de equipe, onde Kvyat acabou escapando de leve da pista. Raikkonen fez a passagem em cima de Massa pelo sexto lugar, depois de um bom tempo atrás do brasileiro. Stroll foi o primeiro a ir para os boxes e quase ao mesmo tempo Magnussen abandonava com problemas na sua Haas. A bandeira amarela foi acionada e nada mais.

Vettel foi aos boxes na volta 11 e Verstappen na sequência. O alemão voltou em 12o e holandês acabou saindo da corrida após bater na barreira de pneus. Outro acidente ocorreu quase que na sequência, onde Sainz tocou Stroll e os dois deixaram a corrida. Após a prova, ficou decidido que o espanhol perderá três posições no grid da Rússia por ser considerado culpado pela batida.

f1-stroll-sainz-bahrein-2017

O safety car entrou em ação e diversos pilotos aproveitaram para efetuarem suas paradas. Nesse momento, veio a punição para Hamilton, que vinha muito lento e bloqueou Ricciardo. O inglês teve essa atitude para chegar na Mercedes a tempo da sua troca, já que Bottas estava logo à frente. No fim das contas, os comissários decidiram que Lewis estava muito devagar e lhe aplicaram 5s.

Com a saída do carro de segurança, Vettel era o líder com Bottas em segundo, Hamilton em terceiro e Massa em quarto. O finlandês tentou a manobra, mas não conseguiu concluí-la. Palmer caiu para o 13o lugar e foi ultrapassado por Alonso. Ericsson era o único piloto que ainda não havia parado e estava na 11a posição.

E aconteceu o que todos temiam: antes mesmo da metade da corrida, a Mercedes diz no rádio que Bottas deveria ceder o seu segundo lugar para Hamilton. Menos de cinco giros depois, o finlandês obedece e deixa bem claro que cedia a posição ao companheiro de equipe.

Na pista acontecia uma briga bem interessante entre Palmer, Kvyat e Alonso. Ao ser ultrapassado pelos dois concorrentes, o espanhol disse no rádio que esse era o carro com menos potência que já havia pilotado em sua vida. Mas, mesmo assim, a disputa entre o trio rendeu com algumas passagens e ultrapassagens, onde em uma delas Palmer ficou sem um pedaço da sua asa dianteira, ao tocar em Kvyat.

Ricciardo ultrapassou Massa pelo quinto lugar e Bottas foi aos boxes fazer a sua segunda parada. Pouco depois, Vettel foi o mesmo e ao voltar para a pista não demorou para ultrapassar Raikkonen, que reclamava bastante do desempenho da sua Ferrari no rádio. O finlandês pediu para ir aos pits e o fez na volta seguinte, assim como Massa.

Grosjean fez uma bela manobra para cima de Kyvat e herdou o oitavo posto. Logo à frente estava Pérez, que até o momento havia subido um total de 11 posições. Outra briga interessante era entre Hulkenberg, Wehrlein e Ocon, que valia o décimo lugar.

Na volta 42, Hamilton foi para os boxes, cumpriu sua punição e fez a troca de seu equipamento. Vettel era o primeiro e Bottas ficou com o segundo lugar. A diferença entre os carros da Mercedes era de mais de 8s, que diminuiu rapidamente, até a equipe novamente ordenar que a inversão de posições. Hamilton fez a ultrapassagem e foi para cima de Vettel descontando uma boa diferença a cada volta. Com a chegada do tráfego, os dois pilotos tiveram dificuldade em avançar e a distância diminuiu e depois voltou a aumentar.

Ericsson, com problemas no câmbio, encostou o carro na área de escape e os comissários foram bem rápidos para retirá-lo do local. Pouco depois, Alonso foi chamado pela equipe para se retirar da prova por, novamente, problemas no motor. Hamilton tenta até o último instante, mas não consegue chegar em Vettel, que vence com uma vantagem de mais de 6s.

f1-podio-bahrein-2017

O climão no pódio do Bahrein

GP do Bahrein, resultados:

Cla # Piloto Chassis Motor Voltas Dif Intervalo Pits Pontos
1 5 germany  Sebastian Vettel Ferrari Ferrari 57 2 25
2 44 united_kingdom  Lewis Hamilton Mercedes Mercedes 57 6.660 6.660 2 18
3 77 finland  Valtteri Bottas Mercedes Mercedes 57 20.397 13.737 2 15
4 7 finland  Kimi Raikkonen Ferrari Ferrari 57 22.475 2.078 2 12
5 3 australia  Daniel Ricciardo Red Bull TAG 57 39.346 16.871 2 10
6 19 brazil  Felipe Massa Williams Mercedes 57 54.326 14.980 2 8
7 11 mexico  Sergio Perez Force India Mercedes 57 62.606 8.280 2 6
8 8 france  Romain Grosjean Haas Ferrari 57 74.865 12.259 2 4
9 27 germany  Nico Hulkenberg Renault Renault 57 80.188 5.323 2 2
10 31 france  Esteban Ocon Force India Mercedes 57 95.711 15.523 2 1
11 94 germany  Pascal Wehrlein Sauber Ferrari 56 1 volta 1 volta 1
12 26 russia  Daniil Kvyat Toro Rosso Renault 56 1 volta 0.000 2
13 30 united_kingdom  Jolyon Palmer Renault Renault 56 1 volta 0.000 2
14 dnf 14 spain  Fernando Alonso McLaren Honda 54 3
dnf 9 sweden  Marcus Ericsson Sauber Ferrari 50 1
dnf 55 spain  Carlos Sainz Jr. Toro Rosso Renault 12 1
dnf 18 canada  Lance Stroll Williams Mercedes 12 1
dnf 33 netherlands  Max Verstappen Red Bull TAG 11 1
dnf 20 denmark  Kevin Magnussen

 

You Might Also Like

No Comments

Leave a reply